Síndrome de Down

Síndrome de Down: qual a importância da Fonoaudiologia?

Boa tarde pessoal!

Em comemoração ao dia 21/03, Dia Internacional da Síndrome de Down, trago para vocês este post falando um pouco mais desta síndrome e mostrando porque que a fonoaudiologia se faz tão necessária para os pacientes com essa condição genética.

Bom, como muitos sabem, a Síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior parte das células de um indivíduo e, isso ocorre no momento da concepção de uma criança. As pessoas com Síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, têm 47 cromossomos em suas células em vez de 46, como a maior parte da população. As crianças, os jovens e os adultos com esta síndrome podem ter algumas características semelhantes, e estar sujeitos a uma maior incidência de doenças, mas apresentam personalidades e características diferentes e únicas.

Algumas características encontradas nos indivíduos com Síndrome de Down são:

É importante esclarecer que o comportamento dos pais não causa a Síndrome de Down. Não há nada que eles poderiam ter feito de diferente para evitá-la. Não é culpa de ninguém. Além disso, a Síndrome de Down não é uma doença, mas uma condição da pessoa associada a algumas questões para as quais os pais devem estar atentos desde o nascimento da criança.

As pessoas com Síndrome de Down têm muito mais em comum com o restante da população do que diferenças. Se você é pai ou mãe de uma pessoa com esta síndrome, o mais importante é descobrir que seu filho pode alcançar um bom desenvolvimento de suas capacidades pessoais e avançará com crescentes níveis de realização e autonomia. Ele é capaz de sentir, amar, aprender, se divertir e trabalhar. Poderá ler e escrever, deverá ir à escola como qualquer outra criança e levar uma vida autônoma. Em resumo, ele poderá ocupar um lugar próprio e digno na sociedade.

Sempre que possível, os bebês com Síndrome de Down devem ser acompanhados por um fonoaudiólogo logo após o nascimento, pois a hipotonia torna a musculatura da face e da boca mais “molinha”, o que pode prejudicar a amamentação e, posteriormente, o seu desenvolvimento. A regularidade e o enfoque do trabalho realizado vão depender das necessidades dos pais e da criança em diferentes fases da vida. De modo geral, este profissional poderá tratar das seguintes questões:

  • Articulação dos sons, linguagem oral, leitura e escrita;
  • Dificuldades de alimentação, como sugar, mastigar e engolir;
  • Coordenação entre as funções orais e a respiração;
  • Fortalecimento da musculatura da face e da boca;
  • Entre outros.

Quando comparamos fala, linguagem e comunicação, a fala é de longe a mais difícil para crianças com Síndrome de Down. Elas entendem muito bem os conceitos de comunicação e linguagem e têm o desejo de comunicar-se desde pequenas por isso, a maioria é capaz de se expressar vários meses antes de estar preparadas  para fala.

A maioria das crianças com Síndrome de Down vai progredir até usar a fala como principal sistema de comunicação. Muitas começam a utilizar espontaneamente as palavras para se comunicar entre dois e três anos, mas, em geral, este processo é um pouco mais lento, podendo começar até os cinco anos de idade. Entretanto, muitas habilidades podem ser aprendidas precocemente durante o dia a dia da criança, fazendo com que elas se preparem para a fala.

O processo de terapia fonoaudiológica só estará terminado quando a pessoa que tem Síndrome de Down tiver condições para comunicar o que pensa e sente sem que haja dificuldades de compreensão, e que tenha condições de interagir e conquistar seu espaço na sociedade onde está inserida.

Então, espero ter trago informações que esclareçam para vocês qual é o papel da fonoaudiologia na Síndrome de Down e a importância desta profissão no desenvolvimento destes pacientes.

Conto com vocês toda segunda, quarta e sexta-feira ás 18:00 hrs com um post novo e cheio de informações!

Fonte: http://www.movimentodown.org.br/sindrome-de-down/o-que-e/ (editado)

http://www.movimentodown.org.br/desenvolvimento/fala-e-comunicacao/ (editado)

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz